quarta-feira, 20 de junho de 2018

A CORRENTE AO CÉU


Religiosos procuram uma relação íntima com Deus, para não perderem a santidade que possuem, a pureza que o Pai lhes concedeu, e uma das formas para não perdermos nossa pureza e estarmos próximos de Deus e da cruz de Cristo, para fortalecer nossa espiritualidade é importante lermos a Bíblia e rezarmos o terço, no início devemos olhar um versículo e refletir, rezar uma dezena do terço até que esses atos tornem-se hábitos renováveis, e a cada dia surge o desejo de uma relação mais profunda com Deus.
Discursaremos sobre a força e influência do Rosário, em nossa paróquia existe o terço dos homens e a Legião de Maria, para jovens até idosos.
A oração é um exercício da fé, ela pode ser considerada como a chave que abre a porta do céu e nos livra do mal é uma forma de demonstrar à terra um pouco da maravilha que é o céu, a oração transmite a vida de que a põe em prática, persistência, humildade e confiança. A oração é uma forma para nos tornarmos o sal da terra e a luz do mundo.

O terço é uma forma de estarmos próximos a Maria, que intercede por nós.
Acompanhe a declaração do Papa São João Paulo II, que dedicou uma encíclica ao Santo Terço. Nela, o Santo Padre afirma:
O Rosário coloca-se ao serviço do ideal de que pela fé Jesus habita os corações, oferecendo o ‘segredo’ para abrir-se mais facilmente a um conhecimento profundo e empenhado de Cristo. Digamos que é o caminho de Maria, o caminho do exemplo da Virgem de Nazaré, mulher de fé, silêncio e escuta. É, ao mesmo tempo, o caminho de uma devoção mariana animada pela certeza da relação indivisível que liga Cristo a Sua Mãe Santíssima: os mistérios de Cristo são também, de certo modo, os mistérios da Mãe, mesmo quando não está diretamente envolvida, pelo fato dela viver d’Ele e para Ele. Na Ave-Maria, apropriando-nos das palavras do Arcanjo Gabriel e de Santa Isabel, sentimo-nos levados a procurar sempre de novo, em Maria, nos seus braços e no seu coração, o fruto bendito do seu ventre (cf. Lc 1,42)” – Trecho da Carta Apostólica Rosarium Virginis Mariae, do Sumo Pontífice São João Paulo II.

O TERÇO E O ROSÁRIO

O terço é composto por 50 Ave-Marias, sendo o Rosário um total de 150 Ave-Marias. Existiam 3 mistérios para a contemplação do terço sendo eles: Gozosos, Dolorosos e Glorioso, mas o Santo Padre João Paulo II muito devoto a Nossa Senhora, adicionou mais um os Mistérios Luminosos.

OS MISTÉRIOS

 É a contemplação(reflexão) de episódios ocorridos na vida de Jesus e Maria.

·         MISTÉRIOS GOZOSOS (segundas-feiras e sábados)

1. A encarnação do Filho de Deus.
2. A visitação de Nossa Senhora a Santa Isabel.
3. O nascimento do Filho de Deus.
4. A Apresentação do Senhor Jesus no templo.
5. A Perda do Menino Jesus e o encontro no templo.

·         MISTÉRIOS DOLOROSOS (terças-feiras e sextas-feiras)

1. A Oração de Nosso Senhor no Horto das Oliveiras.
2. A Flagelação do Senhor.
3. A Coroação de espinhos.
4. O Caminho do Calvário carregando a Cruz.
5. A Crucificação e Morte de Nosso Senhor.

·         MISTÉRIOS GLORIOSOS (quartas-feiras e domingos)

1. A Ressurreição do Senhor.
2. A Ascensão do Senhor.
3. A Vinda do Espírito Santo.
4. A Assunção de Nossa Senhora aos Céus.
5. A Coroação da Santíssima Virgem.

·         MISTÉRIOS LUMINOSOS (quintas-feiras)

1. O Batismo no Jordão.
2. A auto revelação nas bodas de Caná.
3. O anúncio do Reino de Deus convidando à conversão.
4. A Transfiguração.
5. A Instituição da Eucaristia, expressão sacramental do mistério pascal.

Post: Samuel Rocha

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...