segunda-feira, 15 de agosto de 2016

QUEM É DEUS PARA VOCÊ?


Uma vez foi feita uma pesquisa na internet para se saber qual a pergunta que as pessoas mais queriam ter a resposta. E a pergunta que ganhou foi esta: “Quem é Deus?”
A grande maioria das pessoas acreditam em Deus, pois não há como explicar a nossa beleza e existência, a perfeição do ser humano, e de todos os seres belos e encantadores como o cosmo, as estrelas, as flores, os pássaros, as crianças, e toda a ordem da natureza. Não há como explicar tudo isso sem Deus. Mas quem é Deus para você?
Há muitas falsas imagens de Deus. Para uns pode ser um “pronto-socorro” onde se corre nas horas de sofrimento. Para outros pode ser um “super mercado”, onde se pode suprir as suas necessidades materiais; ou quem sabe uma farmácia para buscar o remédio da dor. Para outros pode ser o carrasco o me espera em cada esquina para o castigar por causa de cada erro; para outros pode ser um grande relojoeiro que montou todo o mundo e o pôs a funcionar, mas o abandonou à própria sorte. Para outros pode ser um juiz severo, ou um ser desconhecido.
Alguém me disse esses dias que Deus é como o açúcar que a gente põe no café, mas que não vê, mas que se falta, fica amargo.
É verdade, sem Deus a vida fica amarga, triste, ficamos impotentes diante das dificuldades da vida. Ele pode ser visto também como a onde eletromagnética que traz a voz e a imagem de alguém, mas que a gente não vê; e se a onde não for captada pelo receptor, não gera som e imagem. Deus pode ser também comparado com a luz que vem do Sol até nós, atravessa milhões de kms para nos aquecer, iluminar, fazer germinar o grão e acontecer a fotossíntese que dá vida às vegetais.
Mas, além das alegorias, felizmente o próprio Deus veio a nós, se fez um de nós, “armou a sua tenda entre nós”, se fez homem para dizer-nos quem Ele é. Jesus nos revelou quem é Deus no seu Rosto e na sua Vida. Ele mostrou que é Deus pelos milagres. Diz a Carta aos hebreus que Ele é “o esplendor da glória de Deus e imagem do seu ser, sustenta o universo com o poder de sua palavra” (Hb 1,3).
São Paulo disse que “Nele habita toda a plenitude da divindade” (Cl 1,19). E São João disse que “Ele é o Verbo que está em Deus e que é Deus” (Jo 1,1). Então, Jesus, Deus, nos revela Deus. Como? No seu amor por nós, socorrendo pobres, doentes e aleijados, curando a todos que a Ele se achegavam; disposto a morrer numa cruz para que pudéssemos voltar para Deus; por sua humildade ao se fazer homem, nascido numa gruta fria, escravo, vendido por 30 moedas… Então, Ele revelou: “Deus é amor!”
Mas Ele disse também que Deus é nosso Pai. Viveu para fazer a vontade do Seu Pai. Disse a seus discípulos que “seu alimento era fazer a vontade do Pai” (Jo 4,4). Já aos doze anos fugiu dos seus pais para ficar na casa do seu Pai. Então, Ele revelou: “Deus é Pai”. Pai-nosso, de todos nós. E nos ensinou a ousadia de chama-lo de Pai.

Post: Elizabete Santos (Agente PASCOM)
Autor: Felipe

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...