domingo, 27 de março de 2016

O MILAGRE DO ESPINHO SAGRADO DE CRISTO

Repetiu-se o prodígio, o 'Espinho Sagrado de Cristo" sangrou em uma Sexta-feira Santa


ROMA, 25 Mar. 16 / 06:32 pm (ACI).- Na localidade italiana de Andria se conserva um espinho que segundo a tradição foi parte da coroa de Cristo. Quando o dia da Anunciação, 25 de março, coincide com a sexta-feira Santa como acontece este ano 2016, o chamado Espinho Sagrado derrama sangue. E hoje, o prodígio se repetiu.
Somente dois anos em cada século o 25 de março coincide com a Sexta-feira Santa. A última vez foi no ano 2005, poucos dias antes da morte de São João Paulo II. A próxima vez será no ano 2157.


O Bispo de Andria, Dom Raffaele Calabro, fez o anúncio do início do prodígio por volta de 5:40 p.m. (hora local), enquanto pronunciava sua homilia e quando na Basílica de São Pedro o Papa Francisco presidia a Celebração da Paixão do Senhor e a Adoração da Cruz.
“Tenho o prazer de anunciar-lhes de maneira solene que o milagre começou. O prodígio está em curso”, disse o Prelado aos fiéis.
Quase uma hora depois, um porta-voz da comissão de peritos informou que conseguiram ver três formações esféricas ou “gemas” no espinho, verdadeiras gotas de sangue e que “na base do espinho o resíduo do precedente prodígio de 2005, refloresceu”.
Dom Calabro agradeceu a Deus “pelo que está fazendo já que o prodígio é um dom gratuito do amor de Deus e um sinal do seu amor por esta comunidade”.
Peregrinos de toda a Itália e outros países foram até Andria, onde o prefeito Nicola Giorgino disse que o fato se enquadra “no Ano da Misericórdia e temos esta oportunidade extraordinária que vivemos também em oração. Já temos um milagre com esta maior participação porque isto aproxima da fé em um momento marcado pela mudança de valores e as tragédias que ocorrem na Europa (como o atentado de Bruxelas) e o resto do mundo”.
Com a coincidência da festa da Anunciação e na sexta-feira Santa este ano, o Bispo de Andria solicitou ao Papa Francisco a realização do Ano Jubilar do Espinho Sagrado que teve início em 24 de março de 2015 e concluirá em 3 de abril próximo, festa da Divina Misericórdia.
A relíquia se conserva na Catedral de São Ricardo desde ano 1308 e a primeira vez que aconteceu o milagre foi em 1633. No século anterior ocorreu em 1921 e 1932. A próxima vez que ocorra será no 2157.
O Espinho Sagrado e São João Paulo II
A última vez que se deu o milagre foi em 2005, o mesmo ano no que morreu São João Paulo II, quem canonizou Santa Faustina Kowalska, a vidente da Divina Misericórdia.
O Pe. Raymond J. de Souza, sacerdote missionário da misericórdia, recorda no National Catholic Register que 1921 foi o ano da primeira Semana Santa de Karol Wojtyla, que então tinha pouco mais de dez meses de nascido.
“É de grande interesse que a primeira Semana Santa na vida do João Paulo II (nascido em maio de 1920) foi 1921, sendo sua primeira sexta-feira Santa celebrada em 25 de março, e a sua última em 2005, quando todo o mundo o acompanhou em seus dias finais. Agora as mesmas datas que acompanharam o grande ‘Papa da Misericórdia’ ao início e ao final de sua vida voltam por conta do Jubileu extraordinário da Misericórdia”, explica o sacerdote.
João Paulo II, recorda o Pe. De Souza, morreu no sábado 2 de abril de 2005. Em suas últimas horas de vida, seu secretário pessoal por mais de 40 anos e atual Arcebispo de Cracóvia, Cardeal Stanislaw Dziwisz, celebrou a Missa em sua habitação. “Esse sábado à noite, a Missa que celebrou foi do domingo da Divina Misericórdia, a festa que já se iniciou com a oração das vésperas essa tarde. Assim João Paulo II morreu durante a festa da Divina Misericórdia”, escreve.
Para comemorar o milagre do Espinho Sagrado, emitiu-se na Itália um selo postal no que se vê a figura da relíquia e no fundo um mapa histórico de Andria.

Walter Unger
Creditos http://www.acidigital.com/noticias/video-repetiu-se-o-prodigio-o-espinho-sagrado-de-cristo-sangrou-em-uma-sexta-feira-santa-33234/#.VvXqMJPttK4.facebook

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...