segunda-feira, 21 de março de 2016

“A Paixão de Cristo”: Palco montando e ensaios intensos aumentam a expectativa para a encenação do espetáculo

Mesmo com chuva, o elenco não descansa e os ensaios foram intensos no último final de semana. O palco já está montado na Praça da Fé e, na próxima sexta-feira, 25, a mais bela história da humanidade será contada.



O palco já está montado, os ensaios estão cada vez mais intensos e a expectativa é grande para a realização de um dos maiores espetáculos artístico e religioso de Guarapuava, a encenação de “A Paixão de Cristo” que acontece na próxima sexta-feira, dia 25, Sexta-Feira Santa.
Envolvendo mais de 400 pessoas entre atores, diretores, maquiadores, além de responsáveis pela produção, a encenação que acontece no dia 25 de março, a partir das 20 horas, promete emocionar a todos os que lá estiverem com a mais bela das histórias de todos os tempos.
Os trabalhos que vêm sendo desenvolvidos desde o ano passado se tornaram mais intensos nas últimas semanas com ensaios, estudos de cena, montagem de palco, além da produção do espetáculo.
Para o diretor do Centro Diocesano de Comunicação (CDC) e da Ação Evangelizadora de Guarapuava, Padre Itamar Abreu Turco, os trabalhos estão intensos e serão realizados em tempo hábil. No entanto, ele destaca que, pelo fato de a Semana Santa acontecer mais cedo do que em anos anteriores, os serviços de preparação tiveram que acontecer com mais rapidez. Padre Itamar também contou que o período de chuva atrapalhou bastante os ensaios e, principalmente a montagem do palco que este ano precisou ser diferenciado. “Nos anos anteriores, nesta época, o palco já estava montado. Tudo era construído em madeira por pessoas da cidade. Neste ano, não pudemos fazer este trabalho devido às chuvas. Contratamos uma empresa especializada para realizar este serviço e, até o final desta semana, tudo estará montado e preparado para receber o espetáculo. Inclusive os ensaios do final de semana serão realizados no local”, explicou Itamar.
Com uma área de 550 metros quadrados, o palco abrigará o espetáculo que este ano, será apresentado em forma de musical e promete emocionar a todos os participantes com a mensagem de evangelização que representa a morte e ressurreição de Jesus Cristo.
O diretor artístico do evento, Jones Guerra, contou em entrevista ao Diopuava, que a apresentação, antes de tudo, visa à evangelização. Ele destaca que a parte artística é importantíssima, mas esta vem depois. “Primeiro de tudo a evangelização, o louvor a Deus, a ressurreição de Cristo. Depois é que vem a parte artística. Estamos trabalhando muito, mas graças a Deus, estamos dando conta dos prazos e a equipe está afinada com os ensaios”, destacou o diretor. Jones também emendou dizendo que o projeto envolve muito planejamento e questões técnicas, principalmente por se tratar de um musical e que carece de afinação total entre os participantes. “A história da morte e ressurreição de Jesus, todos nós conhecemos. Mas enquanto espetáculo, nós podemos incorporar novos elementos a fim de deixar o trabalho ainda mais bonito. Estamos na fase final do projeto e, nesta etapa, não há espaço para erros. É preciso sim, muito trabalho e dedicação por parte de todos. Neste momento, estamos juntando as peças de tudo o que foi estudado e trabalhado nas Paróquias. Há ensaios intensos com o Corpo de Baile. Nestes ensaios testamos a capacidade dos bailarinos e buscamos novos desafios. O andamento está sincronizado, mas a prova final será no dia da apresentação”, destacou Jones.
Em anos anteriores, o espetáculo “A Paixão de Cristo” chegou a reunir mais de 20 mil pessoas. Este ano, a expectativa é que a participação da comunidade supere as outras edições segundo a organização.

Fonte: Diopuava

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...