quinta-feira, 16 de julho de 2015

1º Dia do Muticom (15/07/2015)


Ocorreu nesta quarta-feira (16/072015) em Vitória - Espírito Santo, o primeiro dia do 9º multicom, onde a  organização do preparou uma recepção com música ao vivo, e uma exposição de materiais referentes a igreja, de roupas para padres, artesanatos e comidas. Logo após se iniciou um coquetel para os participantes do Muticom.

Muticom = Mutirão da Comunicação, traz todos os anos um tema diferente sobre comunicação, tendo esse ano o tema: “Ética nas comunicações”.
Antes de iniciar o Arcebispo do Espírito Santo nos deu a benção, e logo após nos apresentou o vice-governador e o prefeito do Espírito Santo.
Para abrir o Muticom, contamos com a presença do Padre Gildásio Mendes, doutor em comunicação e com vários livros publicados, falando sobre ética nas comunicações.
Explicando-nos que não se pode comunicar, sem ética. Sendo a ética uma escolha necessária e importante, uma palavra difícil e nova na comunicação digital e redes. E comunicação, é o que sempre emprestamos das outras ciências como a filosofia, a teologia e a antropologia.
O Padre Gildásio fez uma dinâmica, chamando a Hellen, uma das participantes do Muticom, e logo após uma freira, as questionando como se sentiriam se ficassem sem seus celulares.

Mas afinal, o que é ética?
Ethos (caráter, modo de ser de uma pessoa), um conjunto de valores morais e princípios que orientam a conduta humana na relação com os outros. E tem como objetivo valorizar cada ser humano, sua dignidade, seus direitos, seu lugar na sociedade com os outros. Onde ética é o grande princípio relacionado a valores. Ética é a reflexão sobre as ações. E tendo como código de ética na comunicação, LC 5, 1-11.

Uma nova visão para a ética:
O tempo é maior que o espaço (Papa Francisco EG), tendo o foco na pessoa e não no espaço, ou ambiente virtual. E onde o tempo pascal, é o tempo de Deus, o tempo que tem conexão com o tempo passado, com o presente e com o futuro.
O Padre Gildásio nós diz que somos todos viajantes no tempo, onde o homem e a mulher são criaturas criadas à semelhança de Deus. E onde Deus se revela em uma viagem do ser humano, a vida sendo como uma viagem no tempo, o tempo que leva a viver, amar, buscar e comunicar. E onde como viajantes, devemos ter um novo olhar da Igreja para os viajantes virtuais.
E onde ainda o Padre nós diz que a cruz é o maior símbolo da comunicação, ela não fala nada e em silêncio, diz tudo. 
Para finalizar, o Padre Gildásio tocou e cantou uma música para nós, do texto de Coríntios.
Após a finalização da palestra, procurei o Padre Gildásio para que pudesse agradece-lo pelo excelente trabalho que faz e para fazer a seguinte pergunta:
“Padre, o que você (como ele preferiu) acha dos jovens a frente da comunicação digital da igreja?”
Ele agradeceu pela pergunta e respondeu-me assim:

“A comunicação digital nasceu com os jovens, os jovens conhecem o ritmos dos smartphones, conhecem como funciona as redes sociais e assim são os pilotos de tudo isso. E se os jovens conhecem a técnica, conhecem Jesus Cristo e o tempo pascal, esses jovens tem condição de fazer a revolução na igreja, porque a igreja acredita nos jovens, o papa acredita nos jovens e eles são o nosso futuro.”

Ellen Karolynne 
(coordenadora PASCOM)
Direto do 9º Multicom.

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...