sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Papa dia 16: Papa às famílias filipinas: Não percam a capacidade de sonhar

Sexta-feira, 16 de janeiro, o Papa Francisco encontrou-se com as famílias filipinas na Arena de Manila. No percurso até ao local do encontro, foram milhares os fiéis que saudaram o Santo Padre. Os que puderam entrar no grande pavilhão do encontro ouviram testemunhos de diferentes famílias marcadas por histórias concretas de amor e serviço em situações de pobreza, deficiência e necessidades especiais e ainda de distância devido ao trabalho no estrangeiro longe da família.

Todos estes testemunhos sensibilizaram o Santo Padre que de seguida dirigiu a palavra a todos fiéis. Apresentou uma comunicação sobre a figura de S. José falando em inglês. Em particular, o Papa Francisco abordou o facto de que as Escrituras quando se referem a S. José revelam-no a repousar. A repousar no Senhor – afirmou o Papa Francisco – e, assim, o seu discurso às famílias iniciou-se com o verbo sonhar. Falando em espanhol e recorrendo a um tradutor, o Santo Padre proferiu as afirmações que marcaram a sua intervenção:

“Não é possível uma família sem sonhar.”

“Sem sonhar perde-se a capacidade de amar.”

“Hoje sonhei com o futuro dos meus filhos e da minha esposa e também com os meus pais e avós.”

“Não percam a capacidade de sonhar.”

“Nunca deixem de ser noivos”

Foram três os aspetos que o Papa Francisco apresentou sobre a figura de S. José: repousar no Senhor, levantar-se com Jesus e Maria e ser voz profética. E, desde logo, o Papa Francisco contou uma pequena história referindo o facto de ter na sua escrivaninha uma imagem de S. José que dorme: sempre que algo o preocupa o Santo Padre escreve num pequeno papel o seu problema e coloca-o debaixo da imagem para que S. José repouse sobre o problema e o ajude a solucionar.

Para ouvir o chamamento de Deus é preciso pois rezar em família:

“Para ouvir e aceitar o chamamento de Deus, para construir uma casa para Jesus, deveis ser capazes de repousar no Senhor. Deveis encontrar em cada dia o tempo para rezar.”

O Santo Padre referiu de seguida o segundo aspeto: levantar-se com Jesus e Maria. Ou seja, enfrentar a vida, aprender a amar, a perdoar, a ser generosos e não egoístas. Mas também a saber dizer não às colonizações ideológicas da família – declarou o Papa Francisco que citou o Papa Paulo VI pela defesa da vida durante o seu pontificado.

Finalmente, o terceiro aspeto: S. José é uma voz profética e também nós devemos ser – disse o Papa – exortando os cristãos a não terem medo de afirmar a sua fé em Jesus Cristo:

“Não escondais a vossa fé, não escondais Jesus, mas colocai-O no mundo e oferecei o testemunho da vossa vida familiar.”

Este encontro do Santo Padre com as famílias em Manila concluiu-se num ambiente de música, cor e grande alegria. (RS)



"Pascom Santos Anjos"
Mauro Lucas Ferreira

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...