terça-feira, 23 de abril de 2013

AGRESSÃO A ARCEBISPO DE BRUXELAS.



A “tolerância” dos novos movimentos sociais: ativistas do Femen agridem arcebispo de Bruxelas.




Esta não é a primeira vez que o arcebispo de Bruxelas, monsenhor Andre-Joseph Leonard, é agredido covardemente por integrantes dos novos movimentos sociais (que clamam por “tolerância”, mas, de tolerantes mesmo, não têm nada). Havíamos denunciado aqui, há dois anos, um ato de zombaria ao qual o prelado belga fora submetido, simplesmente por defender, como bispo católico, a doutrina moral da Igreja.
Hoje, o monsenhor Leonard foi mais uma vez agredido. O grupo extremista da vez é o Femen, conhecido por reunir mulheres histéricas que gostam de ficar nuas em lugares públicos. Recentemente, as “feminazis” invadiram a Catedral de Notre Dame, em Paris, comemorando a renúncia do Papa Bento XVI. Agora, o alvo é um purpurado católico. De acordo com O Globo, “o protesto foi contra a homofobia”.
As fotos são das agências AFP e Reuters. Todas foram editadas e devidamente tarjadas.
ao deixar a sala”

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...