sexta-feira, 27 de julho de 2012

Quantas famílias destruídas por causa destes programas

LEIA E ESCOLHA A PORTA
Big Brother Brasil, A Fazenda, Casa dos Artistas... Na Moral, como você tem a ousadia de assistir esses programas?
      Os sistemas televisivos seculares estão se superando em níveis de baixarias, depravações, futilidades, ódios, maldades... não há muito o que se aproveitar de bom em tais canais.
Deus tem sido deixado de lado. Pra quê Deus? Deus é cafona... E, por este motivo, muitos se perdem, e buscam preencher o vazio na alma, no ser, em diversos subterfúgios mundanos. No final se frustam, pois não há felicidade fora de Deus.
      A começar dos noticiários... alguém consegue ficar em paz com tanta violência gratuita exibida todos os dias? Alguém assiste os noticiários, em sua maioria sensacionalista, e consegue pensar em amar, em perdoar, em fazer algo de bom para o próximo, em sair de sua comodidade...? Se você consegue, amigo, você é um vencedor, um santo! Se não consegue, parabéns também, você faz parte dos 99% das pessoas normais de

 carne e osso, um humano de verdade...
      Morte aqui e acolá, corrupções, vinganças, "que se faça a justiça", "eu quero fulano de tal na cadeia", "é pedófilo e tem que morrer...", "traficante maldito", "isso não é um ser humano, é pior do que um animal"... assim vamos julgando e condenando todos a nossa frente. Creio que o demônio não tem muito trabalho hoje em dia: são muitos os que fazem o papel dele. Às vezes faço o mesmo, infelizmente...!
      É nítido que devemos lutar contra o mal, os vícios, os erros. Não podemos ser coniventes com o erro. Entretanto, devemos levar em conta o sujeito do pecado, do erro, do crime. Temos o dever de amar, de respeitar, de dar uma nova chance, infinitas vezes se for preciso, de acordo com o Nosso Senhor Jesus Cristo.
      Novelas deprimentes, horrendas, odiosas e odiadoras, sem pudor nem escrúpulo, sem razão de tanto mal. Quantas famílias destruídas por causa destas novelas? Quantos casais separados por se espelharem nas novelas! Retratos do pior da sociedade colocada como modelo, como algo a ser seguido. Quanta barbaridade, maldade, infelicidade e tristeza! O que desperta de bom ao assistir uma novela? Pode até existir alguma coisa boa. O mais evidente, porém, é a violência, a intolerância, o desamor, egoísmo e indiferença de modo avulso e personalizado.
      Perdemos tempo em ver tanta coisa fútil. É discussões e mais discussões acerca do futebol, comentaristas que só se ocupam com esse "circo", enquanto, por meio das propagandas, vão moldando nossas mentes para o consumo, para a imbecilidade, para a despersonalização e padronização do mais estúpido. Viramos massa de manobra nas mãos de comerciantes, de anunciantes, de propagandistas qualificados em nos roubar de nós mesmos e deturpar nossa imagem.
      Muitas mulheres estão se tornando prostitutas gratuitas, piriguetes, apenas objetos de prazer sem valor. Outras acham que devem ser independentes e superiores aos homens, que devem fazer as mesmas coisas que os homens e agir como eles. Imitam os defeitos, pensam em serem "superiores" aos homens, vivem em clima de competitividade com o gênero oposto, lutam para alimentar o ego, o orgulho e a soberba de mostrarem com altivez que não dependem e não precisam dos homens, e por os superarem em alguns aspectos. Afogam-se num Marxismo miserável tornando-se tristes e depressivas por não galgarem a felicidade e a realização tão desejada.
      Num mundo cada vez mais hedonista, vemos o prazer sendo explorado em todos os sentidos. A busca do prazer fácil e rápido faz as pessoas procurarem nas drogas a satisfação momentânea de seus desejos. As baladas são exploradas, mostradas, retratadas em novelas e em músicas de diversos gêneros, pois dessa forma, com músicas negativas, maldosas, de duplo sentido, e sem pudor, consegue-se fazer os jovens se desvalorizarem e buscar qualquer insano "consolo" para amenizar seus tormentos e suas dores.

              Os atuais reality shows sintetizaram toda porcaria já existente, e ainda a tornou mais poderosa. O número de palavrões por minuto que saem da boca dos "tripulantes da nave Big Brother" e similares é assustador... um verdadeiro dicionário de xingamentos! Os "Grandes Irmãos" se traem, formam complô uns contra os outros, se ofendem, ridicularizam-se, e no final "eliminam-se" para conquistar o grande prêmio. Este prêmio não é uma consciência limpa, não é amar e ser amado, não é ser respeitado pelo bem que se faz... mas é uma quantia de dinheiro, dinheiro sujo feito de conchavos maquiavélicos e de aparências para agradar e cativar o telespectador, como fazem muitos políticos falsos.

      Essa é a cultura divulgada pelas mídias em massa para nosso povo! O que vamos esperar das pessoas influenciadas por essas ideologias? Que elas sejam santas e cheias de amor no coração? É como diz o ditado: desse cachorro não sai coelho, ou melhor, desse mato não sai coelho...
      Precisamos de programas e canais educativos, cristãos, para podermos influenciar positivamente a nossa sociedade, e nos prepararmos para que, quando Jesus voltar, encontre um mundo mais fraterno e mais irmão!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...